AVALIAÇÃO DOS IMPACTOS AMBIENTAIS EM PARQUES EÓLICOS OFFSHORE E ONSHORE UTILIZANDO A MATRIZ DE LEOPOLD

Main Article Content

Clayton Diego da Luz
Eliane Carvalho de Vasconcelos
Patrícia Bilotta
Marco Aurélio Da Silva Carvalho Filho

Resumo

Este trabalho propõe comprovar a veracidade da afirmação de que a
modalidade eólica offshore causa menor impacto ambiental que a onshore.
Após a avaliação e a valoração dos impactos ambientais nas duas modalidades,
por meio da Matriz de Leopold, foi determinado para a modalidade
eólica offshore o valor total de magnitude de 970. Para a classificação de
Importância, em 22% a classificação foi alta, em 50% moderada e em 28%
baixa. Para a classificação de significância em 50% a classificação foi grande,
em 22% média e em 28% pequena. Para a modalidade eólica onshore, o
valor total da magnitude foi de 1.477. Para a classificação de Importância,
em 27% a classificação foi alta, em 54% moderada e em 19% baixa. Para a
classificação de significância, em 58% a classificação foi grande, em 23%
média e em 19% pequena. Com base nesses parâmetros, confirmou-se que,
a modalidade eólica offshore é menos impactante ao meio ambiente que a
modalidade eólica onshore.

Article Details

Como Citar
da Luz, C., Vasconcelos, E., Bilotta, P., & Carvalho Filho, M. A. (2020). AVALIAÇÃO DOS IMPACTOS AMBIENTAIS EM PARQUES EÓLICOS OFFSHORE E ONSHORE UTILIZANDO A MATRIZ DE LEOPOLD. Revista Brasileira De Ciências Ambientais (Online), 55(2), 206-225. https://doi.org/10.5327/Z2176-947820200644
Seção
Artigos