GESTÃO AMBIENTAL, LEGISLAÇÃO E OS RECURSOS HÍDRICOS NA CIDADE DE FORTALEZA (CE), BRASIL

Main Article Content

Francisca Dalila Menezes Vasconcelos
Francisco Suetônio Mota

Resumo

Este trabalho discute a importância da gestão ambiental e da legislação de controle urbano para a proteção dos recursos hídricos. Destaca, também, a importância da lei de uso do solo para a conservação ambiental, devendo o zoneamento urbano considerar as características do ambiente natural. É feita uma avaliação da legislação de uso e ocupação do solo de Fortaleza (CE), constatando-se que ela nem sempre segue as exigências do código florestal do Brasil, no que concerne às Áreas de Preservação Permanente (APP).
A última alteração da legislação municipal (lei complementar nº 250/2018) resultou na redução de 961.185,34 m2 das APP às margens dos recursos hídricos de Fortaleza (CE). Utilizando a sobreposição de mapas e visitas de campo, foram identificadas as alterações ocorridas nas APP em duas bacias hidrográficas da cidade de Fortaleza (CE), Brasil, ocorrendo reduções após a lei complementar nº 250/2018.

Article Details

Como Citar
Vasconcelos, F. D., & Mota, F. (2020). GESTÃO AMBIENTAL, LEGISLAÇÃO E OS RECURSOS HÍDRICOS NA CIDADE DE FORTALEZA (CE), BRASIL. Revista Brasileira De Ciências Ambientais (Online), 1-18. https://doi.org/10.5327/Z2176-947820190579
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Francisca Dalila Menezes Vasconcelos, Universidade Federal do Ceará

Engenheira Ambiental e Sanitarista. Mestre em Ciências Ambientais. Doutoranda em Engenharia Civil, área de concentração Saneamento Ambiental, na Universidade Federal do Ceará.