ANÁLISE CRÍTICA DA CAPACIDADE PREDITIVA DE DOIS MODELOS DE AVALIAÇÃO DO RISCO À SAÚDE HUMANA PELA EXPOSIÇÃO AO CHUMBO EM CRIANÇAS DE 0 A 7 ANOS DE IDADE

Main Article Content

Gustavo Alonso Muñoz Magna
Sandro Lemos Machado
Miriam De Fátima Carvalho
Milton José Porsani

Resumo

Analisou-se a capacidade preditiva de dois modelos de avaliação do risco pela exposição ao chumbo (Pb) em crianças de 0 a 7 anos residentes em uma área comprovadamente contaminada por metais. Os modelos utilizados foram o Integrated Exposure Uptake Biokinetic (IEUBK) e o modelo Public Health Assessment Process. Dois cenários de exposição foram simulados, o primeiro considerado padrão e o segundo individualizado. Foram utilizados antecedentes de uma base de dados gerada mediante estudos anteriores realizados na área contendo valores individuais de concentração de Pb no solo superficial, poeira domiciliar e alimentos vegetais cultivados em quintais e consumidos pela população local. Para verificar as estimativas de ambos os modelos, valores de Pb no sangue (Pb-S) obtidos de forma experimental em crianças residentes na área de estudo foram utilizados. Ambos os modelos, após calibração, se aproximaram ao valor médio de Pb-S obtido experimentalmente (4,25 μg.dL-1 ATSDR; 4,17 μg.dL-1 IEUBK e 4,56 μg.dL-1 experimental). Não foram detectadas diferenças estatisticamente significativas, entre os modelos (p=0,393), quando avaliados os valores médios estimados de Pb-S no cenário sem consumo vegetais. Foi possível observar uma associação linear moderada entre os valores individuais de Pb-S previstos pelo modelo da ATSDR e os calculados pelo modelo IEUBK (r=0,60). Ambos os modelos se apresentaram adequados, quando ajustados, para avaliar o risco pela exposição ao Pb em crianças, contudo, o modelo IEUBK apresentou uma maior praticidade relacionada à economia de recursos e tempo para predizer o risco pela exposição ao Pb.

Article Details

Como Citar
Muñoz Magna, G., Lemos Machado, S., Carvalho, M., & Porsani, M. (2019). ANÁLISE CRÍTICA DA CAPACIDADE PREDITIVA DE DOIS MODELOS DE AVALIAÇÃO DO RISCO À SAÚDE HUMANA PELA EXPOSIÇÃO AO CHUMBO EM CRIANÇAS DE 0 A 7 ANOS DE IDADE. Revista Brasileira De Ciências Ambientais (Online), (54), 34-50. https://doi.org/10.5327/Z2176-947820190499
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Gustavo Alonso Muñoz Magna, Faculdade de Tecnologia e Ciências

Doutor em Ciências: Energia e Ambiente pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) Brasil. Professor da Faculdade de Tecnologia e Ciências, FTC-Salvador (BA), Brasil.

 

 

Sandro Lemos Machado, Universidade Federal da Bahia

Doutor em Geotecnia pela Universidade de São Paulo (USP). Professor Titular da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Brasil.

Miriam De Fátima Carvalho, Universidade Federal da Bahia

Doutora em Geotecnia pela Universidade de São Paulo (USP), Brasil. Professora Adjunta I da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Brasil.

Milton José Porsani, Universidade Federal da Bahia

Doutor em Geofísica pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Brasil. Professor Titular da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Brasil.