MONITORAMENTO DAS CARACTERÍSTICAS DOS ESGOTOS COMO INSTRUMENTO DE OTIMIZAÇÃO DO PROCESSO DE LODOS ATIVADOS E SUAS IMPLICAÇÕES

Main Article Content

Solange Vieira da Silva
Rosemara Augusto Pereira
Roque Passos Piveli
Hernan Junqueira Criscuolo

Resumo

As variações na composição dos esgotos que chegam às estações de tratamento de esgoto (ETE)
causam grandes transtornos operacionais. Em geral, dados os procedimentos operacionais padrão e
a concepção de projetos rigidamente estruturados, não há como adotar uma atitude preventiva. O
caráter dinâmico do funcionamento de uma ETE também dificulta a realização de mudanças drásticas
de operação quando em situações adversas. Nesse sentido, um programa de monitoramento
pode auxiliar para que o processo de tratamento dos esgotos atinja seu máximo de eficiência. A
adoção de parâmetros que possibilitem averiguar as características dos esgotos encaminhados à
ETE, em pontos estratégicos de monitoramento, pode orientar na escolha de estratégias operacionais
eficazes. Conhecer o ambiente dos microrganismos responsáveis pelos processos metabólicos
envolvidos na degradação de matéria carbonácea e de nitrificação, possibilita antecipar quais parâmetros
devem ser controlados. O monitoramento também pode auxiliar na identificação das possíveis
fontes geradoras de poluição, possibilitando a transferência de custos de tratamento por meio da
aplicação do princípio poluidor-pagador. No presente trabalho foram analisados parâmetros de
caracterização do afluente e efluente das ETEs Barueri e Franca.

Article Details

Como Citar
Silva, S., Pereira, R., Piveli, R., & Criscuolo, H. (2005). MONITORAMENTO DAS CARACTERÍSTICAS DOS ESGOTOS COMO INSTRUMENTO DE OTIMIZAÇÃO DO PROCESSO DE LODOS ATIVADOS E SUAS IMPLICAÇÕES. Revista Brasileira De Ciências Ambientais (Online), (02), 46-59. Recuperado de http://rbciamb.com.br/index.php/Publicacoes_RBCIAMB/article/view/490
Seção
Artigos