A APLICAÇÃO DE NITRATO DE AMÔNIO PARA O CONTROLE DE ODORES EM SISTEMAS DE COLETA DE ESGOTOS SANITÁRIOS

Main Article Content

Teodosia Basile Liliamtis
Pedro Caetano Sanches Mancuso

Abstract

A presença de sulfetos, freqüentemente o sulfeto de hidrogênio, é responsável pela geração de odor,
como também pela corrosão nas instalações de tratamento de esgotos. O presente trabalho foi
desenvolvido com o objetivo de identificar e analisar a questão da geração de maus odores na rede
coletora de esgotos do município de Pereira Barreto, com ênfase na formação do sulfeto de hidrogênio,
focalizando a questão como problema de saúde pública, e também analisar o método de controle
implantado em sua rede de esgotos para minimizar o odor freqüente e intenso. Dos resultados
obtidos, concluiu-se que o método de nitrificação com a aplicação do nitrato de amônio, revelou-se
eficaz em inibir a produção de concentrações de gás sulfídrico (H2S) superiores a 1,0 mg/L de H2S.
Entretanto, para a região na qual se encontra a lagoa de estabilização, a dosagem de nitrato de amônio
ao esgoto apresentou-se inadequada, sendo necessário reavaliá-la. Os sintomas apresentados pelos
entrevistados decorrentes da exposição ao odor freqüente e ofensivo, como dor de cabeça, náusea,
ardor nasal, tontura e alterações no estado de humor, vieram a desaparecer, quando o odor passou
a ser controlado e sua intensidade diminuída.

Article Details

How to Cite
Liliamtis, T., & Mancuso, P. (2005). A APLICAÇÃO DE NITRATO DE AMÔNIO PARA O CONTROLE DE ODORES EM SISTEMAS DE COLETA DE ESGOTOS SANITÁRIOS. Brazilian Journal of Environmental Sciences (Online), (02), 37-45. Retrieved from http://rbciamb.com.br/index.php/Publicacoes_RBCIAMB/article/view/489
Section
Articles