CAPACITAÇÃO, REPRESENTAÇÃO SOCIAL E PRÁTICA EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Main Article Content

Andrea Focesi Pelicioni
Helena Ribeiro

Abstract

A diversidade de representações sociais e práticas em Educação Ambiental – EA, bem como os
resultados de um levantamento nacional que mostrava a falta de capacitação específica entre
executores de projetos de EA, motivaram o desenvolvimento desta pesquisa qualitativa, de doutorado,
que buscou identificar representações sociais e práticas em EA, presentes entre educadores
ambientais, conhecer os motivos que os levaram a participar de um curso de especialização em EA,
e os impactos do mesmo, entre outros objetivos específicos. Quanto aos resultados, foram identificados
quatro tipos de representações sociais em EA – conservacionista, romântica, ecossocialista e
tecnocêntrica; em relação às práticas relatadas havia uma gradação entre as que focalizavam o
indivíduo e suas relações com o mundo, e outras, as quais privilegiavam a resolução de situaçõesproblema;
entre as razões que levaram os educadores a fazer o curso destacaram-se a procura de
subsídios teóricos e práticos, de intercâmbio de experiências e de valorização profissional. Consideraram
que o curso trouxe impactos positivos, pois ampliou o entendimento sobre a EA, possibilitou articular teoria e prática e o exercício da interdisciplinaridade.

Article Details

How to Cite
Pelicioni, A., & Ribeiro, H. (2005). CAPACITAÇÃO, REPRESENTAÇÃO SOCIAL E PRÁTICA EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL. Brazilian Journal of Environmental Sciences (Online), (02), 21-24. Retrieved from http://rbciamb.com.br/index.php/Publicacoes_RBCIAMB/article/view/485
Section
Articles