A EDUCAÇÃO AMBIENTAL NOS PARQUES ESTADUAIS PAULISTAS

Main Article Content

Renata Ferraz de Toledo
Maria Cecilia Focesi Pelicioni

Resumo

O objetivo desta pesquisa foi investigar a existência e analisar os programas de educação ambiental
desenvolvidos nos parques estaduais paulistas. O levantamento de dados foi realizado com os
gestores e responsáveis pelos programas de educação ambiental, tendo como principal instrumento
de pesquisa o questionário. Os resultados foram analisados pelo método de Análise de Conteúdo.
Dos 29 parques estaduais paulistas, seis não possuíam programa de educação ambiental. Os
visitantes mais freqüentes eram estudantes. Nenhum dos responsáveis pelos programas tinha
formação específica em educação ambiental. Dentre os objetivos destacou-se despertar o interesse
pela proteção dos recursos naturais. Os temas mais abordados enfatizavam aspectos físicos e
problemas ambientais. A realização de palestras, atividades lúdicas e o percurso de trilhas foram as
atividades mais desenvolvidas. A principal dificuldade apresentada foi a falta de profissionais capacitados.
Concluiu-se que as unidades de conservação são lugares privilegiados para o desenvolvimento
de programas de educação ambiental, porém as atividades devem procurar superar a transmissão
de conteúdos ecológicos e noções de conservação da natureza, o que foi comum nos parques
investigados.

Article Details

Como Citar
Toledo, R., & Pelicioni, M. C. (2006). A EDUCAÇÃO AMBIENTAL NOS PARQUES ESTADUAIS PAULISTAS. Revista Brasileira De Ciências Ambientais (Online), (03), 27-31. Recuperado de http://rbciamb.com.br/index.php/Publicacoes_RBCIAMB/article/view/479
Seção
Artigos