AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA ÁGUA E AUTODEPURAÇÃO DOS RIOS DA BACIA DO RIO PIRACICABA

Main Article Content

Celimar Azambuja Teixeira
Rubem La Laina Porto

Resumo

Atualmente, uma das maiores causas da escassez dos recursos hídricos, principalmente nos grandes
centros urbanos, se deve a degradação da qualidade da água, a qual é decorrente dos lançamentos
inadequados de efluentes industriais e esgotos domésticos. Dentro desse contexto, o
desenvolvimento e a aplicação de modelos que consideram aspectos de quantidade e qualidade de
água são extremamente necessários para resolver este problema de maneira racional. Desta forma,
o objetivo do presente trabalho consiste no desenvolvimento de uma ferramenta computacional
capaz de gerenciar de forma integrada os aspectos de quantidade e qualidade de água em uma bacia
hidrográfica, considerando os parâmetros de enquadramento dos corpos d’água, de acordo com a
resolução CONAMA 357/2005. Esta ferramenta computacional consiste em um modelo matemático
para o gerenciamento de recursos hídricos e pode ser aplicado em qualquer bacia hidrográfica,
porém especificamente neste estudo o modelo foi aplicado na bacia do rio Piracicaba, sendo que
esta apresenta inúmeros conflitos pelo uso da água. A estrutura do modelo AcquaNet é composta
por modelos distintos de quantidade e qualidade de água, porém apresentando a capacidade de
interagir entre si. Os aspectos de quantidade de água são tratados através da otimização das vazões
em uma bacia hidrográfica. Já o modelo de qualidade de água é capaz de determinar as concentrações
de diversos constituintes de qualidade de água, tais como DBO, OD, coliformes totais, fósforo
total, algas, nitrogênio orgânico, amônia, nitrito e nitrato em diversos trechos dos rios que compõem uma bacia.

Article Details

Como Citar
Teixeira, C., & Porto, R. (2008). AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA ÁGUA E AUTODEPURAÇÃO DOS RIOS DA BACIA DO RIO PIRACICABA. Revista Brasileira De Ciências Ambientais (Online), (16), 20-31. Recuperado de http://rbciamb.com.br/index.php/Publicacoes_RBCIAMB/article/view/427
Seção
Artigos