Turismo de base comunitária: convivencialidade e conservação ambiental

Main Article Content

Isabel Jurema Grimm
Carlos Alberto Cioce Sampaio

Abstract

As contendas que vem sendo travadas com o fenômeno do turismo possibilitam
repensar na atividade rumo a um novo modelo que atenda os critérios da
sustentabilidade e também a um novo tipo de turista. Neste estudo é apresentado o
perfil da demanda turística que se identifica com a nova modalidade denominada
“turismo de base comunitária”, por meio de pesquisa realizada junto aos visitantes
das pequenas comunidades rurais de Brejumirim, Candonga, Canhembora e Rio
Sagrado de Cima que compõe o território do Microbacia do Rio Sagrado, em Morretes
no Paraná. A partir da identificação das motivações e características deste novo tipo
de turista, apresenta-se alguns conceitos e característica da área de estudo. A
conclusão é que o perfil deste visitante analisados, está diretamente ligado à sua
bagagem cultural e seu nível de consciência socioambiental.

Article Details

How to Cite
Grimm, I., & Sampaio, C. (2011). Turismo de base comunitária: convivencialidade e conservação ambiental. Brazilian Journal of Environmental Sciences (Online), (19), 57-68. Retrieved from http://rbciamb.com.br/index.php/Publicacoes_RBCIAMB/article/view/362
Section
Articles