Mensuração da Disposição a Pagar para Recuperar o Córrego dos Índios: uma aplicação do Método de Valoração Contingente

Main Article Content

Darlen Rodrigues dos Santos
Elizete Aparecida de Magalhães
Simão Pereira da Silva
Sorele Carpanez Veiga

Abstract

O objetivo deste trabalho foi estimar a Disposição a Pagar da população de Malacacheta, Minas Gerais, para recuperar o Córrego dos Índios, riacho que corta toda a cidade. O Método de Valoração Contingente foi escolhido por ser capaz de mensurar o interesse de determinada população em recuperar uma área. Para tanto, foram aplicados 280 questionários, aleatoriamente, a fim de identificar as preferências populacionais a partir de um cenário hipotético. O estudo demonstrou que 15% dos entrevistados estão dispostos a pagar, em média, R$ 43,07 para a recuperação do Córrego dos Índios, o que geraria uma receita de R$ 117.458,35 por mês, correspondendo a uma receita total anual de R$ 1.409.500,20. Do total de entrevistados, 85% manifestaram que não pagariam valor algum pela recuperação do curso d’ água. Constatou-se que os entrevistados entendem que é de responsabilidade do poder público recuperar o Córrego, uma vez que os cidadãos já pagam uma elevada carga de tributos.

Article Details

How to Cite
Santos, D., Magalhães, E., Silva, S., & Veiga, S. (2012). Mensuração da Disposição a Pagar para Recuperar o Córrego dos Índios: uma aplicação do Método de Valoração Contingente. Brazilian Journal of Environmental Sciences (Online), (25), 20-36. Retrieved from http://rbciamb.com.br/index.php/Publicacoes_RBCIAMB/article/view/312
Section
Articles