Implantação de Estação de Transferência de Resíduos Sólidos Urbanos utilizando Tecnologia SIG

Main Article Content

Claudia Diavan Pereira
Davide Franco
Armando Borges Castilhos Jr

Resumo

As estações de transferência fazem parte dos atuais sistemas de gestão em resíduos sólidos urbanos, sendo que para analisar a viabilidade de implantação é realizada uma avaliação econômica de redução do custo com o transporte versus o gasto com a construção e manutenção da estação de transferência (ET). Para realizar essa análise foram definidas metodologias, principalmente, em situações onde é possível coletar grande quantidade de dados necessários para as suas aplicações. Dessa forma, o presente estudo apresenta uma metodologia prática a ser aplicada em países como o Brasil, que ainda possuem poucos dados coletados, para a identificação da viabilidade de implantação e do melhor local para a ET. Tomando como base o município de Florianópolis em Santa Catarina foi identificada a região do município mais apta a possuir a estação de transferência. A localização dos centros geradores de resíduos bem como a localização da própria estação de transferência foram determinados a partir dos centros de massa de produção de resíduos em cada região, através do uso de tecnologia SIG. Na sequência, foi realizada uma avaliação do custo para a implantação da ET e do custo com o transporte. Os resultados permitiram identificar a distância a partir da qual ter a ET diminui o custo do sistema, e notou-se que, com a utilização da ET proposta, pôde-se alcançar uma redução de 24% nos custos totais com transporte de resíduo sólido urbano no município de Florianópolis.

Article Details

Como Citar
Pereira, C., Franco, D., & Castilhos Jr, A. (2013). Implantação de Estação de Transferência de Resíduos Sólidos Urbanos utilizando Tecnologia SIG. Revista Brasileira De Ciências Ambientais (Online), (27), 71-84. Recuperado de http://rbciamb.com.br/index.php/Publicacoes_RBCIAMB/article/view/300
Seção
Artigos