Gerenciamento de resíduos de serviços de saúde em um Hemocentro do estado do Paraná

Main Article Content

Juice Ishie Macedo
Márcia Regina M. Neri Ferreira
Dennis Armando Betolini
Adriana Aparecida Mendes
Angela Maria M. Takayanagui

Resumo

Na literatura há poucos estudos sobre resíduos de serviços de saúde (RSS) em hemocentros, o que motivou esta investigação, cujo objetivo foi diagnosticar o gerenciamento dos RSS em um Hemocentro do Paraná (HPR). Foi utilizada metodologia descritivo-exploratória, com uso de questionário, análise documental e caracterização dos RSS. Os dados revelaram produção de 224,5 kg de resíduos/semana (Grupo A-35,23%, Grupo E-10,97%, Grupo D-53,7%), com 1,36 kg de RSS por bolsa de sangue coletada, além de inadequações quanto à segregação e infraestrutura, com possíveis riscos à saúde e ambiente. O tratamento e disposição final dos RSS ocorrem a 450 km da origem. Conclui-se haver necessidade de elaboração de Plano de Gerenciamento dos RSS e adequação às atuais políticas públicas.

Article Details

Como Citar
Macedo, J., Ferreira, M., Betolini, D., Mendes, A., & Takayanagui, A. (2013). Gerenciamento de resíduos de serviços de saúde em um Hemocentro do estado do Paraná. Revista Brasileira De Ciências Ambientais (Online), (27), 55-60. Recuperado de http://rbciamb.com.br/index.php/Publicacoes_RBCIAMB/article/view/298
Seção
Artigos