O discurso da sustentabilidade nas organizações: Um estudo multicaso de grandes empresas

Main Article Content

Heloisa Kavinski
José Edmilson de Souza-Lima
Sandra Maciel-Lima

Abstract

O objetivo deste artigo é identificar as origens do fenômeno de apropriação do discurso da sustentabilidade pelas organizações, e iniciar um processo de compreensão do conceito que respalda as práticas sustentáveis de empresas brasileiras. Trata-se de uma pesquisa exploratória, bibliográfica e documental que por meio da análise de cinco relatórios de Sustentabilidade, publicados por empresas brasileiras de grande porte e reconhecidas pelas práticas sustentáveis, busca identificar a similaridade ou divergência no conceito de Racionalidade Ambiental adotado por estas empresas. Com base nos princípios da Racionalidade Ambiental de Leff (2006), conclui-se que há uma carência de racionalidade teórica nos discursos que sustentam as práticas das organizações analisadas. A maioria das ações desenvolvidas pelas organizações tem foco na preservação dos recursos naturais; o tema menos contemplado com práticas sustentáveis propostas pelas organizações foi a prevenção de catástrofes, ficando perceptível a distância entre as propostas de sustentabilidade declaradas pelas organizações analisadas e a teoria da Racionalidade Ambiental proposta por Leff.

Article Details

How to Cite
Kavinski, H., Souza-Lima, J., & Maciel-Lima, S. (2013). O discurso da sustentabilidade nas organizações: Um estudo multicaso de grandes empresas. Brazilian Journal of Environmental Sciences (Online), (27), 16-33. Retrieved from http://rbciamb.com.br/index.php/Publicacoes_RBCIAMB/article/view/295
Section
Articles