INVESTIGAÇÃO DE COMPOSTOS ORGÂNICOS VOLÁTEIS FÚNGICOS NA QUALIDADE DO AR DE ESPAÇOS INTERNOS DE UMA BIBLIOTECA PÚBLICA

Main Article Content

Lydia Dayanne Pantoja
Ronaldo Ferreira do Nascimento
Ana Barbara de Araújo Nunes

Resumo

O presente estudo objetivou investigar a qualidade do ar em termos de
compostos orgânicos voláteis fúngicos (COVFs) visando melhorias no controle
de espaços internos de uma biblioteca pública de referência no município de
Fortaleza, Ceará. Trata‑se de uma pesquisa experimental quali‑quantitativa,
cujas coletas do ar ocorreram entre setembro e dezembro de 2014.
Validou‑se um protocolo para detecção de COVFs por meio de cromatografia
gasosa/espectrometria de massa, enquanto as amostras fúngicas foram
identificadas por meio de análise macro e micromorfológica. Analisaram‑se
32 amostras com relação aos COVFs, destaque para o 2‑metil‑1‑propanol e
o 3‑metil‑1‑butanol, enquanto das 16 amostras micológicas, o espectro de
fungos anemófilos predominante foi deuteromicetos filamentosos hialinos.
Os dados apresentados são bons indicativos de que mais monitoramentos
precisam ser realizados em outros ambientes ocupacionais, visando
estabelecer uma melhoria no monitoramento vigente, instigando uma maior
discussão no meio acadêmico e legislativo sobre o tema e, por fim, contribuir
para o estudo sistematizado da Aerobiologia nacional.

Article Details

Como Citar
Pantoja, L., Nascimento, R., & Nunes, A. (2015). INVESTIGAÇÃO DE COMPOSTOS ORGÂNICOS VOLÁTEIS FÚNGICOS NA QUALIDADE DO AR DE ESPAÇOS INTERNOS DE UMA BIBLIOTECA PÚBLICA. Revista Brasileira De Ciências Ambientais (Online), (37), 16-25. https://doi.org/10.5327/Z2176-94782015001
Seção
Artigos