ANÁLISE GLOBAL DAS CARACTERÍSTICAS DE FRAÇÕES DE RESÍDUOS URBANOS RESIDENCIAIS

Main Article Content

Alexandre André Feil
Fernando Rosado Spilki
Dusan Schreiber

Resumo

A gestão de resíduos sólidos é considerada um dos desafios contemporâneos
e sua promoção eficiente necessita de conhecimento da natureza e
composição. Nesse sentido, este estudo objetivou apurar uma média
de geração de resíduos totais, distribuídos em países desenvolvidos, em
desenvolvimento e subdesenvolvidos, incluindo a análise da regressão
linear e a correlação de Pearson. A metodologia aplicada é de abordagem
quantitativa, com base em uma pesquisa bibliográfica. Os resultados revelam
que a geração média de orgânicos opera como fator determinante da fração
de resíduos urbanos, mas diferencia-se quanto a variável com a qual ele se
correlaciona. A geração média de resíduo orgânico em países desenvolvidos,
em desenvolvimento e subdesenvolvidos, respectivamente, é de 34,32,
61,33 e 64,21%. Conclui-se que a fração da geração média de resíduos
orgânicos dos países em desenvolvimento e subdesenvolvidos apresenta-se
sensivelmente similar.

Article Details

Como Citar
Feil, A., Spilki, F., & Schreiber, D. (2015). ANÁLISE GLOBAL DAS CARACTERÍSTICAS DE FRAÇÕES DE RESÍDUOS URBANOS RESIDENCIAIS. Revista Brasileira De Ciências Ambientais (Online), (38), 63-77. https://doi.org/10.5327/Z2176-9478201510914
Seção
Artigos