TERCEIRIZAÇÃO DA DISPOSIÇÃO FINAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS: POLÍTICA PÚBLICA MUNICIPAL EM RIO AZUL, PR

Main Article Content

Marcel Diogo de Deus
Alessandro Lepchak
Paulo Sergio Bonato
Carlos Alberto Marçal Gonzaga

Resumo

Este artigo resulta de pesquisa exploratória qualitativa sobre a gestão
municipal de resíduos sólidos numa cidade que terceirizou para uma empresa
privada a destinação final do material coletado. O objetivo foi analisar os
impactos ambientais do transporte dos resíduos por trechos de Rodovias
Federais e Estaduais, entre os municípios de Rio Azul (PR) e Mafra (SC).
Buscou-se identificar como a municipalidade de Rio Azul (PR) se adaptou às
novas exigências da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), Lei Federal
nº 12.305/2010. A pesquisa foi realizada como estudo de caso, por meio de
análise documental, revisão bibliográfica e entrevistas com gestores públicos.
Os resultados mostraram que a decisão emergencial adotada, enquanto não
se viabiliza a construção consorciada de um novo aterro sanitário, atende às
novas determinações legais e pode constituir-se em solução permanente se
os custos de mantê-la não comprometerem o orçamento municipal.

Article Details

Como Citar
Deus, M., Lepchak, A., Bonato, P., & Gonzaga, C. A. (2015). TERCEIRIZAÇÃO DA DISPOSIÇÃO FINAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS: POLÍTICA PÚBLICA MUNICIPAL EM RIO AZUL, PR. Revista Brasileira De Ciências Ambientais (Online), (38), 2-11. https://doi.org/10.5327/Z2176-947820151414
Seção
Artigos