IMPACTO DO CONSUMO DESCONTROLADO DE ÁGUA NA PRODUÇÃO DE RESÍDUOS EM ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA. ESTUDO DE CASO: ETA-ITACOLOMI, OURO PRETO (MG)

Main Article Content

Jackson de Oliveira Pereira
Sheila Bárbara Ferreira Silva
Patricia Cristina de Faria
Tallita Tostes da Costa
Viviane das Graças Rodrigues Pires

Resumo

O presente trabalho avaliou a produção de resíduos na Estação de Tratamento
de Água (ETA) Itacolomi (Ouro Preto, MG), com ênfase nas suas condições
operacionais. A ETA opera em condições de sobrecarga para garantir o
abastecimento de água da população, diante do consumo descontrolado, já
que o município não possui hidrômetros para medição do consumo, sendo
cobrada apenas uma tarifa operacional básica. A produção de resíduos foi
avaliada em termos volumétricos e em massa durante 75 dias, a partir da
medição dos volumes gastos na lavagem dos filtros e dos decantadores da ETA
e das concentrações dos parâmetros turbidez, cor, sólidos totais (ST), sólidos
voláteis totais (STV), demanda química de oxigênio (DQO). Os resultados da
produção de lodo observados foram de 73,45 m3/dia (em termos volumétricos)
e de 32,10 kgST/dia (em massa). A análise dos dados revelou que as condições
de sobrecarga ocasionam uma geração de resíduos 73% superior ao que seria
observado caso o consumo de água fosse controlado.

Article Details

Como Citar
Pereira, J., Silva, S., Faria, P., Costa, T., & Pires, V. (2016). IMPACTO DO CONSUMO DESCONTROLADO DE ÁGUA NA PRODUÇÃO DE RESÍDUOS EM ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA. ESTUDO DE CASO: ETA-ITACOLOMI, OURO PRETO (MG). Revista Brasileira De Ciências Ambientais (Online), (39), 2-13. https://doi.org/10.5327/Z2176-947820166014
Seção
Artigos