AVALIAÇÃO DE RISCO À SAÚDE ASSOCIADA À QUALIDADE DA ÁGUA PARA CONSUMO HUMANO EM CAMPINA GRANDE, PARAÍBA

Main Article Content

Igor Souza Ogata
Rui de Oliveira
Celeide Maria Belmont Sabino Meira
Ruth Silveira do Nascimento
Juscelino Alves Henriques

Resumo

Este trabalho realizou uma avaliação de risco da qualidade da água da rede
de distribuição de Campina Grande, Paraíba, nordeste do Brasil, por meio
do método da Análise dos Modos e Efeitos de Falhas (FMEA). A amostra
foi composta por oito pontos ao longo da rede de distribuição, tendo sido
analisados os indicadores sentinelas — cloro residual livre (CRL) e turbidez —
e mais quatro indicadores auxiliares — cloro residual combinado (CRC), cor,
pH e bactérias heterotróficas. Utilizando todos os indicadores, seis pontos
foram classificados como de risco baixo e dois como de risco moderado.
Analisando apenas os riscos relacionados aos indicadores sentinelas,
três pontos foram classificados como de risco baixo, três como de risco
desprezível, um como de risco moderado e um como de risco alto, tendo
esses indicadores apresentado melhor adequação metodológica. A ausência
de CRL no ponto de risco alto foi o principal fator para tal classificação.

Article Details

Como Citar
Ogata, I., Oliveira, R., Meira, C., Nascimento, R., & Henriques, J. (2016). AVALIAÇÃO DE RISCO À SAÚDE ASSOCIADA À QUALIDADE DA ÁGUA PARA CONSUMO HUMANO EM CAMPINA GRANDE, PARAÍBA. Revista Brasileira De Ciências Ambientais (Online), (40), 1-15. https://doi.org/10.5327/Z2176-947820160026
Seção
Artigos