ESTUDO DO PROCESSO DE TORREFAÇÃO DE RESÍDUOS DE BIOMASSAS PARA FINS ENERGÉTICOS

Main Article Content

Allison Gonçalves Silva
Thaise Alves dos Santos
Marcus Luciano Silva de Ferreira Bandeira
Priscila Ferreira de Oliveira

Resumo

O objetivo deste trabalho foi estudar resíduos de coco, cacau e dendê —
culturas largamente encontradas no Extremo Sul da Bahia —, verificando o
efeito da torrefação a diferentes temperaturas (230, 240 e 250 °C) sobre essas
biomassas, de modo a observar sua influência no poder calorífico superior
(PCS) por meio de análise imediata, termogravimétrica e de microscopia
eletrônica de varredura. A caracterização físico-química dos materiais secos
e torrificados apontou uma tendência à diminuição dos teores de voláteis e
de umidade, aumento dos teores de carbono fixo, de cinzas e do PCS, sendo
essas características mais acentuadas a temperaturas mais altas. De modo
geral, os experimentos realizados contribuíram para o maior potencial
energético dos resíduos estudados. A biomassa de coco apresentou o maior
PCS, sendo 24,59 MJ.kg-1. Para a biomassa de coco torrificada, o aumento
médio no PCS, com relação à biomassa seca, foi de 24,1%, para cacau 21,3%
e para dendê 35,2%.

Article Details

Como Citar
Silva, A., Santos, T., Bandeira, M. L., & Oliveira, P. (2017). ESTUDO DO PROCESSO DE TORREFAÇÃO DE RESÍDUOS DE BIOMASSAS PARA FINS ENERGÉTICOS. Revista Brasileira De Ciências Ambientais (Online), (45), 86-99. https://doi.org/10.5327/Z2176-947820170230
Seção
Artigos